Invalidez Permanente Total por Doença

Para abertura do sinistro Invalidez Permanente Total por Doença , o segurado deverá enviar à BNP Paribas Cardif alguns documentos importantes. Siga as orientações abaixo.

Você pode acionar o seu sinistro de Invalidez Permanente Total por Doença aqui mesmo, pela internet, de maneira rápida e fácil.

Acionar o Sinistro

 

1 - Documentos Necessários

Faça uma cópia simples (sem autenticação) de documentos do segurado:

  • RG;
  • CPF;
  • Comprovante de endereço do Segurado;
  • Relatório médico informando os diagnósticos, tempo de existência e data em que considerou o segurado totalmente inválido;
  • Exames de diagnósticos da doença.

 

2 - Aviso de Sinistro

Preencha e imprima o documento abaixo:

Preencher Formulário
 

ATENÇÃO: o Aviso de Sinistro deverá ser preenchido também pelo médico que atendia o segurado regularmente.

 

3 - Autorização para Crédito em Conta

Preencha e imprima o documento abaixo:

Preencher Formulário
 

ATENÇÃO: somente enviar, quando no item do certificado de seguros “BENEFICIÁRIOS”, mencionar que os beneficiários serão os indicados pelo segurado e na ausência de indicação, será(ão) o(s) herdeiro(s) legal(is) do segurado (Consulte o seu Certificado de Seguro).

 

4 - Envio de Documentos

Envio pelo correio

IDENTIFIQUE FORA DO ENVELOPE O TIPO DE SINISTRO - Invalidez Permanente Total por Doença.

Seguros Totalseg:
Caixa Postal 66013 CEP.: 05314-970 - São Paulo - SP
Exemplo: Invalidez Permanente Total por Doença 29941108706

Seguros das demais empresas:
Caixa Postal 66049 - CEP.: 05314-970 - São Paulo - SP.
Exemplo: CARDIF Invalidez Permanente Total por Doença 29941108706

IMPORTANTE:
Todos os documentos enviados não serão devolvidos. Eles serão anexados ao dossiê do processo de sinistro. A Seguradora se reserva o direito de solicitar, no caso de dúvida fundada e justificável, qualquer outro documento que se faça necessário para a regulação do sinistro, para a completa elucidação do evento ocorrido.

Os documentos devem ser enviados preferencialmente com AR (Aviso de Recebimento), para facilitar o rastreamento. Não é necessário o envio por SEDEX.

Obs.: Lembramos que o envio da documentação não caracteriza elegibilidade ao pagamento de indenização. A conclusão do processo está condicionada a análise dos documentos recebidos.